Home > Sem categoria > Dívida Pública: Experiência Brasileira (Silva et al.)

Dívida Pública: Experiência Brasileira (Silva et al.)

Dívida Pública: Experiência Brasileira por Anderson Caputo Silva, Lena Oliveira de Carvalho, Otavio Ladeira de Medeiros (Organizadores) publicado por Tesouro Nacional Transparente (2009).

“O livro “Dívida Pública: A Experiência Brasileira”, lançado  em parceria com o Banco Mundial, em 17 de agosto de 2009, explora a experiência do país no gerenciamento da dívida pública, em documento único.

A publicação abrange, desde os primeiros registros de endividamento brasileiro, até o atual estado de administração da Dívida Pública Federal. A publicação é de interesse aos públicos acadêmico, de investidores, analistas financeiros, agências de classificação de risco, estudiosos e jornalistas. Sua elaboração contou com a participação de um grupo de profissionais diretamente ligados aos temas desenvolvidos, em sua grande maioria, servidores do Tesouro Nacional, além de autores do Banco Mundial e de outras instituições do Governo Federal e da academia.

É importante reforçar o valor desse livro para a sociedade brasileira, seja pela busca da desmistificação do tema, pelo aumento da transparência, ou pelo fato de o assunto ser tratado sob critérios técnicos e bem definidos. Ao tempo em que coroa uma etapa importante da evolução institucional do Ministério da Fazenda e, em particular, da Secretaria do Tesouro Nacional, o livro sinaliza alguns dos desafios que ainda nos aguardam, relacionados tanto à consolidação de algumas etapas institucionais quanto ao desenvolvimento do mercado secundário da dívida e ao aumento e diversificação da base de investidores. A superação de tais desafios nos permitirá continuar o avanço em direção a uma estrutura de dívida com custos e riscos ainda menores.

Por fim, mas não menos importante, espera-se que este livro incentive gestores de dívida pública de outros países a buscarem na experiência brasileira uma referência positiva para as transformações necessárias, gerando externalidades positivas para muito além da sociedade brasileira…”

https://bit.ly/3EcprWY

Postagens Relacionadas